DISTRIBUIDOR MODULAR PROGRESSIVO SMX ÓLEO/AR
O distribuidor SMX constitui a base do sistema modular progressivo ar/óleo.
O dosador ar/óleo mantém as mesmas características do dosador modular progressivo SMX.
Os elementos modulares são montados sobre uma base especial que fornece, através de acessórios especiais, uma mistura de ar/óleo ou, se for exigido, somente óleo.

ÁREAS DE APLICAÇÃO DA LUBRIFICAÇÃO POR AR/ÓLEO:
- Lubrificação de elementos com altas velocidades de rotação, onde uma aplicação regular de pequenas quantidades de lubrificante é necessária para manter um filme de lubrificante entre as partes em movimento sem que seja expulso pela força centrífuga.
- Lubrificação de peças de máquinas que trabalham em altas temperaturas, onde o lubrificante tende a secar ou queimar.
- Pulverização de óleo para correntes ou engrenagens.
- Lubrificação de superfícies que exigem uma fina película de lubrificante em toda a sua área.
- Lubrificação de rolamentos que precisam de proteção contra a infiltração de: poeira, água ou outras substâncias prejudiciais. O fluxo de ar misturado ao óleo cria uma ligeira pressão dentro do elemento lubrificado, impedindo a entrada de agentes contaminantes.
- Lubrificação de pontos que não podem ser alcançados pelos sistemas de lubrificação tradicionais, onde apenas um spray de óleo pode resolver o problema.


VANTAGENS DA LUBRIFICAÇÃO AR/ÓLEO

O CONCEITO MODULAR do distribuidor progressivo SMX permite atender, com extrema flexibilidade, as necessidades do projeto.

COMPATIBILIDADE com instalações de sistemas progressivos DropsA. O distribuidor de ar/óleo é compatível com o sistema tradicional SMX, permitindo adicionar um ou mais distribuidores ar/óleo em instalações já existentes, sendo apenas necessária uma disponibilidade de ar de comprimido.

ECONOMIA EM LUBRIFICANTE. O óleo injetado na corrente de ar é precisamente dosado de acordo com a necessidade do ponto a ser lubrificado. Esta característica evita o desperdício de lubrificante.

VISCOSIDADE DO LUBRIFICANTE. É possível usar qualquer tipo de lubrificante com viscosidade entre 15 a 1000 cSt na temperatura de trabalho que deverá estar entre 0°C a 80°C (32°F ÷176°). As melhores condições são obtidas com a viscosidade do óleo entre 32 a 320 cSt na temperatura de 40°C (104°F).

REFRIGERAÇÃO DOS COMPONENTES LUBRIFICADOS. O efeito de refrigeração é obtido através do fluxo contínuo do ar da mistura ar/óleo além do próprio lubrificante.

PRESSÃO POSITIVA. A pressão positiva, criada pelo ar da mistura óleo/ar dentro dos componentes lubrificados impede a entrada de corpos estranhos.

FUNÇÃO DE CONTROLE. Graças ao princípio de funcionamento do sistema progressivo, o mau funcionamento de um elemento dosador por ser sinalizado através de um dispositivo de controle.

AMIGO DO MEIO AMBIENTE. O sistema de ar/óleo não produz névoa.